leile_pinto@hotmail.com

domingo, 27 de março de 2011

ALIMENTOS ORGÂNICOS E TRANSGÊNICOS





VEJA A DIFERENÇA ENTRE ESSES ALIMENTOS E FAÇA SUA ESCOLHA.


O produto orgânico é cultivado sem o uso de adubos químicos ou agrotóxicos.
As técnicas de produção orgânica são destinadas a incentivar a conservação do solo e da água e reduzir a poluição.

Pelo menos 80% dos projetos certificados no Brasil são de pequenos agricultores familiares (cerca de 20 mil agricultores). As associações e cooperativas de pequenos produtores vem crescendo e viabilizam a agricultura orgânica em muitas regiões fixando o homem no campo. Muitas famílias consomem e vendem o que plantam.

O selo de certificação é a garantia do consumidor de estar adquirindo produtos orgânicos isentos de qualquer resíduo tóxico.
O sistema de cultivo orgânico observa as leis da natureza, respeita as diferentes épocas de safra e todo o manejo agrícola está baseado na preservação dos recursos naturais, além de respeitar os direitos de seus trabalhadores.

Benefícios e Vantagens:

- Os alimentos são mais saudáveis, pois são livres de agrotóxicos, hormônios e outros produtos químicos;
- São mais saborosos;
- Sua produção respeita o meio ambiente, evitando a contaminação de solo, água e vegetação;
- A produção usa sistemas de responsabilidade social, principalmente na valorização da mão-de-obra.


ALIMENTOS TRANSGÊNICOS

Alimentos Geneticamente Modificados: são alimentos criados em laboratórios com a utilização de genes (parte do código genético) de espécies diferentes de animais, vegetais ou micróbios.

Organismos Geneticamente Modificados: são os organismos que sofreram alteração no seu código genético por métodos ou meios que não ocorrem naturalmente.

Engenharia Genética: ciência responsável pela manipulação das informações contidas no código genético, que comanda todas as funções da célula. Esse código é retirado da célula viva e manipulado fora dela, modificando a sua estrutura (modificações genéticas).

Com o aprimoramento e desenvolvimento das técnicas de obtenção de organismos geneticamente modificados e o aumento da sua utilização, surgiram então, dois novos termos para o nosso vocabulário: biotecnologia e biossegurança.

Pontos positivos dos alimentos transgênicos
Aumento da produção de alimentos

Melhoria do conteúdo nutricional, desenvolvimento de nutricênicos (alimentos que teriam fins terapêuticos);

Maior resistência e durabilidade na estocagem e armazenamento

Pontos negativos dos alimentos transgênicos
Aumento das reações alérgicas;

As plantas que não sofreram modificação genética podem ser eliminadas pelo processo de seleção natural, pois, as transgênicas possuem maior resistência às pragas e pesticidas;

Aumento da resistência aos pesticidas e gerando maior consumo deste tipo de produto;

Apesar de eliminar pragas prejudiciais à plantação, o cultivo de plantas transgênicas pode, também, matar populações benéficas como abelhas, minhocas e outros animais e espécies de plantas.

6 comentários:

  1. Parabéns por mais um texto de grande relevância! Infelizmente os produtos orgânicos estão fadados a não vingar. Mas, por que? Porque não dão lucro aos capitalistas, eles não podem ser produzidos em larga escala, em função do não uso de adubos químicos e agrotóxicos. Para os capitalistas o meio ambiente não vale nada!!! Com relação aos transgênicos é preciso ter cuidado, porque a ambição capitalista está acima de qualquer coisa... A natureza é quem paga a conta!!!

    ResponderExcluir
  2. Muito Boom , isso !!

    ResponderExcluir
  3. muuuuito obrigaduu me tirou do sufoco bju bju bju by:fÀÁH

    ResponderExcluir
  4. texto bem interessante ,esclareceu minhas duvidas !

    ResponderExcluir
  5. muito bom me ajudou muito no trabalho de Geografia

    ResponderExcluir