leile_pinto@hotmail.com

sábado, 24 de setembro de 2011

SÍNDROME ABBA - DIARRÉIA CONSTANTE

A pessoa que está com uma diarréia constante normalmente acha que tem que se hidratar e deixar de comer gorduras que logo passa, mas não sabe que diarréia constante pode ser um sinal de síndrome de Abba.

Como saber se a Síndrome de Abba o atingiu?

Se você está com diarréia constante sabe que algo não está bem no seu organismo, essa é a lógica. Porém uma associação entre uma avaria, vesícula biliar e diarréia constante e/ou crônica provavelmente pode ser sintomas da síndrome de Abba.
Dê mais atenção para sua diarréia e primeiro descarte a opção de estar com a síndrome de Abba.

Se sua diarréia está fazendo você ter mais de três (ou três) evacuações ao dia, durante um tempo aproximadamente de dois ou três meses, fique atento, já deveria ter ido ao médico. Caso ainda não tenha ido, procure o mais próximo a sua residência. No caso de já ter ido, provavelmente ele alertou que pode estar com a síndrome.

Como é a diarréia da síndrome de Abba?

Normalmente além de ter evacuações seguidas, o portador da síndrome apresenta graus variados da diarréia, ela é freqüente e as fezes são aquosas. A crise de diarréia ocorre após qualquer refeição feita durante a manhã, tarde ou noite.

Os portadores da síndrome sofrem muito, além do desconforto, da dor de barriga, eles mal podem sair de casa, pois sentem urgência em evacuar em qualquer lugar, e começa a “correria” por um banheiro. Esses sintomas deixam a pessoa com medo de sair de casa e medo de possuir um convívio social.

Conseqüência da síndrome

Além do que foi explicado, as pessoas com a síndrome perdem peso, e bastante, pois elas evacuam praticamente tudo que comem, com isso, elas passam a comer menos, na intenção de que irão evacuar menos. Normalmente, o paciente adapta uma rotina de não comer de noite para não ter maiores problemas durante seu sono.

Tratamento

Basicamente a patologia da síndrome de Abba é o uso inadequado da bile no trato intestinal associada com a disfunção da vesícula biliar. A partir disto, o tratamento deve ser direcionado para emendar a constituição dos ácidos biliares, com a intenção de reduzir a diarréia constante.

Remédios que fazem a ligação dos ácidos biliares foram testados por muitos anos e comprovam ser seguro, além de eficaz e economicamente viável, ainda que muitos destes remédios estão disponíveis na forma genérica.
O tratamento é simples, basta tomar os remédios recomendados pelo seu médico meia hora antes das principais refeições, pois desta forma ocorre o vinculo dos ácidos biliares, tendo um resultado satisfatório.

Efetuando um tratamento contínuo é estimado que os sintomas devam desaparecer dentro de poucos dias, mas não tome os medicamentos sem ser recomendado pelo médico, pois somente ele saberá dizer se o tempo de tratamento que terá que fazer, pode ser por pouco tempo ou um longo tempo.

Por Luiziane Acunha

13 comentários:

  1. Nossa, muito boa essa postagem, vou procurar um especialista, estou preocupado, pq ja faz + - 1 mes wue estou com diarreia constante, realmente no comeco pensei que era desidratacao ou algo assim, mas nao resolveu, valeu mesmo a dica!

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho diarreia a mais de 1 ano nao sei o q fazer

    ResponderExcluir
  3. qual especialista devo procurar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. gastro ou proctologista proucurei ele fez a colonoscopia deu nada graças a deus vai la correndo vc vai melhorar

      Excluir
    2. gastro ou proctologista proucurei ele fez a colonoscopia deu nada graças a deus vai la correndo vc vai melhorar

      Excluir
  4. tomei trimeb e fortiliv melhorei falae com seu medico

    ResponderExcluir
  5. tomei trimeb e fortiliv melhorei falae com seu medico

    ResponderExcluir